Varicela em bebês: sintomas, duração e tratamento

Varicela em bebês: sintomas

Olá, mamães e papais! Hoje vamos falar sobre um assunto que preocupa muitos pais: a varicela em bebês. Essa doença, também conhecida como catapora, é comum na infância e pode trazer desconforto e preocupação para os pais. Por isso, preparamos uma postagem pilar completa, densa e autoral para esclarecer tudo sobre a varicela em bebês: sintomas, duração e tratamento.

Para começar, é importante entender o que é a varicela e como ela é transmitida. A varicela é uma doença infantil causada pelo vírus Varicela Zoster, que é altamente contagioso. Ele é transmitido de pessoa para pessoa por contato direto com o fluido das ampolas ou por via respiratória, ou seja, ao tossir ou espirrar. Até mesmo a mãe pode transmitir o vírus para o bebê enquanto ele ainda está no útero.

A varicela é mais comum em crianças entre 1 e 10 anos de idade, mas pode afetar pessoas de todas as idades. Geralmente, a doença é mais branda em bebês menores de 1 ano, pois eles ainda possuem os anticorpos da mãe que os protegem. No entanto, em casos mais graves, a varicela em bebês pode levar a complicações, como infecções de pele e pneumonia.

Agora, vamos falar sobre os sintomas da varicela em bebês. Os primeiros sinais da doença incluem febre, mal-estar e falta de apetite. Em seguida, surgem as famosas bolhas avermelhadas na pele, que coçam bastante e podem se espalhar pelo corpo todo. É importante ressaltar que, mesmo antes do aparecimento das bolhas, a doença já é contagiosa.

A duração da varicela em bebês pode variar de 7 a 10 dias. Durante esse período, as bolhas vão se formando e se rompendo, criando crostas que podem demorar até 2 semanas para cicatrizar. Enquanto isso, é fundamental manter o bebê confortável e protegido para evitar que ele coce as bolhas e cause infecções.

Agora que já falamos sobre os sintomas e a duração da varicela em bebês, vamos abordar o tratamento. Não existe um medicamento específico para tratar a doença, mas é possível aliviar os sintomas. O pediatra pode receitar antitérmicos para controlar a febre e pomadas ou loções para aliviar a coceira. É importante lembrar que nunca se deve dar aspirina para crianças com varicela, pois pode causar uma doença grave chamada síndrome de Reye.

Além disso, é essencial manter o bebê hidratado e descansando bastante. Se ele estiver com muita coceira, é possível dar banhos mornos com aveia ou bicarbonato de sódio para aliviar o desconforto. É importante evitar o contato com outras crianças durante a fase contagiosa da doença, que dura cerca de 5 dias após o surgimento das bolhas.

Agora que já falamos sobre os sintomas, duração e tratamento da varicela em bebês, vamos responder a algumas perguntas frequentes sobre o assunto.

1. Como posso prevenir a varicela em bebês?
A única forma de prevenir a varicela é através da vacinação. Ela é oferecida gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e deve ser aplicada em duas doses, aos 15 meses e aos 4 anos de idade.

2. O que fazer se meu bebê pegar varicela?
Caso seu bebê seja diagnosticado com varicela, é importante seguir as orientações do pediatra e manter o bebê em repouso, hidratado e confortável. Evite o contato com outras crianças durante a fase contagiosa da doença.

3. Meu bebê já teve varicela, ele pode pegar novamente?
Sim, é possível ter varicela mais de uma vez na vida, mas é menos comum.

4. Como saber se a varicela em bebês é grave?
Os casos mais graves de varicela em bebês são raros, mas é importante ficar atento a sinais de complicações, como febre alta persistente, falta de apetite, dificuldade para respirar e bolhas muito grandes ou em grande quantidade. Em caso de dúvidas, procure um médico.

5. Quanto tempo depois de ter contato com uma pessoa com varicela meu bebê pode apresentar os sintomas?
O período de incubação da varicela é de 14 a 16 dias, mas os sintomas geralmente aparecem entre 10 a 21 dias após o contato com o vírus.

6. Como tratar as bolhas da varicela?
É importante não estourar as bolhas e deixar que elas sequem naturalmente. Em casos de coceira intensa, o pediatra pode prescrever pomadas ou loções específicas.

7. A varicela pode causar complicações em bebês?
Sim, em casos mais graves, a varicela pode levar a complicações como infecções de pele, pneumonia, encefalite e até mesmo a morte. Por isso, é importante ficar atento aos sintomas e procurar ajuda médica caso seja necessário.

8. É possível pegar varicela de uma pessoa que já teve a doença?
Sim, mesmo depois de curada, a pessoa ainda pode transmitir o vírus para outras pessoas que nunca tiveram varicela ou não foram vacinadas.

9. Qual é o tratamento para a coceira na varicela?
O pediatra pode prescrever pomadas ou loções para aliviar a coceira, mas é importante evitar banhos muito quentes e agasalhar o bebê para evitar o ressecamento da pele.

10. Quando meu bebê pode voltar a ter contato com outras crianças após ter varicela?
Após o período contagioso da doença, que dura cerca de 5 dias após o surgimento das bolhas, o bebê já pode voltar a ter contato com outras crianças.

Agora que já esclarecemos as principais dúvidas sobre a varicela em bebês, vamos compartilhar algumas dicas importantes para cuidar do seu pequeno durante essa fase.

- Mantenha o bebê confortável e protegido para evitar que ele coce as bolhas e cause infecções.
- Dê banhos mornos com aveia ou bicarbonato de sódio para aliviar a coceira.
- Evite o contato com outras crianças durante a fase contagiosa da doença.
- Ofereça líquidos para manter o bebê hidratado.
- Siga as orientações do pediatra e não dê aspirina para crianças com varicela.

Para finalizar, é importante lembrar que a varicela é uma doença comum na infância, mas que pode trazer preocupações e desconforto para os pais. Por isso, fique atento aos sintomas e siga as orientações do pediatra para cuidar do seu bebê da melhor forma possível. E não se esqueça: a vacinação é a forma mais eficaz de prevenir a varicela em bebês. Cuide bem do seu pequeno e até a próxima!

Receitas relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tu valoración: Útil

Go up