Por que meu bebê come o punho e o que fazer

Por que meu bebê come o punho e o que fazer

Olá, mamãe! Se você está lendo este artigo, é muito provável que já tenha se deparado com o seguinte cenário: seu bebê, ainda tão pequenino, passa o dia colocando os dedinhos, as mãos e até mesmo o punho inteiro na boca. Não importa o quanto você tente impedir, ele sempre encontra uma maneira de levar tudo à boca. E é claro que isso causa uma grande preocupação e inquietação nos pais, não é mesmo? Mas calma, saiba que essa é uma fase completamente normal e natural do desenvolvimento infantil, chamada de fase oral da infância.

Neste artigo, vamos falar sobre o porquê do seu bebê comer o punho e o que você pode fazer para lidar com essa situação. Então, pegue uma xícara de chá, se acomode e aproveite a leitura!

índice

Por que meu bebê come o punho?

A primeira coisa que precisamos entender é que, nos primeiros meses de vida, os bebês têm uma necessidade constante de levar tudo à boca. Isso acontece porque, nessa fase, eles estão descobrindo o mundo ao seu redor e explorando tudo através da boca. Além disso, a boca é uma zona erógena, ou seja, uma área do corpo que proporciona prazer e sensações agradáveis. Portanto, é natural que o bebê busque essa sensação repetidas vezes.

Além disso, o hábito de levar o punho à boca está diretamente relacionado ao desenvolvimento da dentição. Durante o processo de crescimento dos dentinhos, o bebê sente desconforto e coceira na gengiva, o que pode ser aliviado através da sucção. Ao colocar o punho na boca, ele está massageando sua gengiva e aliviando a dor.

Outro fator importante é que, nessa fase, o bebê ainda não possui o controle total de suas mãos e dedos. Por isso, ele acaba levando-os à boca involuntariamente, muitas vezes por reflexo.

O que fazer quando o bebê come o punho?

A primeira coisa que você precisa saber é que não há motivo para se preocupar ou tentar impedir que o bebê leve o punho à boca. Como mencionamos anteriormente, esse é um comportamento natural e saudável para o desenvolvimento infantil. No entanto, existem algumas medidas que podem ser tomadas para garantir a segurança e o bem-estar do seu filho.

1. Mantenha as mãos e dedos do bebê sempre limpos

Como o bebê leva tudo à boca, é fundamental manter suas mãos e dedos sempre limpos. Lembre-se de lavar as mãos antes de manusear o bebê e de higienizar suas mãos e dedos com frequência ao longo do dia. Isso ajuda a prevenir a proliferação de bactérias e outros germes.

2. Ofereça mordedores próprios para bebês

Mordedores são uma ótima opção para aliviar a coceira na gengiva do bebê durante o processo de dentição. Existem diversos tipos de mordedores disponíveis no mercado, com diferentes texturas e tamanhos. Escolha um que seja adequado para a idade do seu bebê e ofereça sempre que ele estiver incomodado com a gengiva.

3. Cuidado com objetos pequenos

É muito importante manter objetos pequenos e perigosos longe do alcance do bebê. Ele pode levar à boca itens como moedas, botões, brinquedos pequenos e outros objetos que possam causar sufocamento ou engasgo. Portanto, mantenha um ambiente seguro e livre de objetos que possam ser engolidos.

4. Não desestimule o hábito

Como já mencionamos, é normal e saudável que o bebê leve o punho à boca. Portanto, não tente impedir ou desestimular esse hábito. Isso pode gerar frustração no bebê e até mesmo prejudicar seu desenvolvimento.

Perguntas e respostas sobre bebês que comem o punho

Para esclarecer ainda mais suas dúvidas, separamos algumas perguntas e respostas sobre bebês que comem o punho. Confira:

1. É normal o bebê comer o punho?

Sim, é completamente normal e faz parte do desenvolvimento infantil.

2. Aos quantos meses o bebê começa a comer o punho?

A maioria dos bebês começa a levar o punho à boca por volta dos 3 meses de idade.

3. O que fazer quando o bebê come o punho e chora?

Se o bebê está chorando enquanto leva o punho à boca, é provável que ele esteja incomodado com a coceira na gengiva. Ofereça um mordedor ou massageie a gengiva com um pano limpo e úmido.

4. Com quanto tempo o bebê para de comer o punho?

Não há uma idade específica para o bebê parar de levar o punho à boca. Isso pode variar de criança para criança. No entanto, é comum que esse hábito diminua após o primeiro ano de vida, quando a dentição está mais completa.

5. O que fazer se o bebê comer objetos pequenos?

Se o bebê engolir um objeto pequeno, é importante procurar ajuda médica imediatamente.

6. O hábito de levar o punho à boca pode prejudicar a alimentação do bebê?

Não, esse hábito não tem relação com a alimentação do bebê e não prejudica a introdução alimentar.

7. O que fazer se o bebê não parar de levar o punho à boca?

Se o bebê está levando o punho à boca de forma exagerada e frequente, pode ser sinal de que algo está incomodando. Verifique se ele está com fome, fralda suja ou se está sentindo dor. Caso não encontre nenhum motivo aparente, é importante conversar com o pediatra para descartar possíveis problemas de saúde.

8. Bebês que comem o punho são mais propensos a ter infecções?

Não, o hábito de levar o punho à boca não está diretamente relacionado com a propensão a infecções.

9. Por que alguns bebês não comem o punho?

Assim como não há uma idade específica para o bebê começar a levar o punho à boca, também não há uma razão definida para alguns bebês não terem esse hábito. Cada criança é única e desenvolve suas habilidades de maneiras diferentes.

10. O hábito de comer o punho pode causar deformidades na boca do bebê?

Não, esse hábito não causa deformidades na boca do bebê. No entanto, é importante ficar atento à sucção prolongada de chupetas ou mamadeiras, que podem sim afetar a formação da arcada dentária.

Dicas para lidar com bebês que comem o punho

Além das medidas que já mencionamos, separamos mais algumas dicas para ajudar você a lidar com o bebê que come o punho:

  • Use roupas com punhos e mangas compridas para proteger o bebê de objetos pontiagudos;
  • Acompanhe o processo de dentição e ofereça apoio ao bebê, como massagem na gengiva ou remédios indicados pelo pediatra;
  • Esteja sempre atenta ao bebê, para garantir que ele não esteja com objetos perigosos na boca;
  • Se o bebê come o punho apenas em um lado da boca, pode ser sinal de dor de ouvido. Nesse caso, é importante consultar o médico;
  • Não fique estressada ou brava com o bebê por causa desse hábito. Lembre-se de que ele é apenas uma fase e logo irá passar.

Conclusão

Agora que você já sabe por que o bebê come o punho e como lidar com essa situação, esperamos que se sinta mais tranquila e segura para aproveitar cada momento ao lado do seu filho. Lembre-se de que essa é apenas uma fase e logo ele irá descobrir outras formas de explorar o mundo ao seu redor.

Esperamos que este artigo tenha sido útil e informativo para você. Se gostou, não deixe de compartilhar com outras mães que também possam estar passando por essa fase com seus bebês. Até a próxima!

Receitas relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tu valoración: Útil

Go up