Porta ergonômica: o que são, benefícios e tipos

Porta ergonômica: o que são

Hoje em dia, existem diversas opções de acessórios para auxiliar os pais no cuidado com seus bebês. Entre eles, um dos mais populares é o Portabe, também conhecido como sling ou canguru. Mas você sabe o que é uma porta ergonômica? Quais são os benefícios desse acessório para a mãe e o bebê? E quais são os tipos disponíveis no mercado? Neste post, vamos explorar tudo sobre as portas ergonômicas e esclarecer todas essas dúvidas. Então, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre esse item essencial para mães, bebês, crianças e gravidez.

índice

O que é uma porta ergonômica?

Uma porta ergonômica, também conhecida como sling ou canguru, é um acessório que permite que o bebê fique colado ao corpo da mãe ou do pai enquanto eles realizam suas atividades diárias. Ele é composto por um tecido resistente e confortável que se adapta ao corpo do adulto e uma faixa que envolve o bebê, deixando-o seguro e confortável. Esse tipo de porta é indicado para bebês a partir de um mês de idade, quando já têm um bom controle da cabeça e pescoço.

Benefícios da porta ergonômica

Além de permitir que a mãe ou o pai tenha as mãos livres para realizar outras tarefas, a porta ergonômica traz diversos benefícios para a mãe e o bebê. Entre eles, podemos destacar:

1. Melhora do vínculo entre mãe e bebê

Ao carregar o bebê em uma porta ergonômica, a mãe fica mais próxima do seu filho, podendo sentir o seu cheiro, trocar olhares e se comunicar com ele de forma mais intensa. Isso ajuda a fortalecer o vínculo entre os dois e a criar um ambiente de confiança e segurança para o bebê.

2. Melhora do desenvolvimento motor do bebê

Quando carregado em uma porta ergonômica, o bebê fica em uma posição semelhante à que ele ocupava no útero, com as pernas dobradas e a coluna curvada. Isso ajuda no desenvolvimento motor, pois estimula o fortalecimento dos músculos do pescoço, tronco e pernas.

3. Melhora da postura do bebê

A posição em que o bebê fica na porta ergonômica, com as pernas dobradas e a coluna curvada, é conhecida como posição "em M" ou posição "fetal", que é considerada a mais adequada para a saúde da coluna do bebê. Além disso, essa posição ajuda a prevenir o achatamento da cabeça do bebê, que é comum quando ele passa muito tempo deitado em um berço.

4. Facilita a amamentação

A porta ergonômica permite que a mãe amamente o bebê de forma discreta e confortável, já que o bebê fica próximo ao peito e a mãe tem as mãos livres para acomodar a posição do bebê e auxiliá-lo na pega correta.

5. Ajuda no alívio de cólicas

O contato com o corpo da mãe e o movimento suave da porta ergonômica ajudam a aliviar as cólicas do bebê, proporcionando mais conforto e relaxamento.

Tipos de porta ergonômica

Existem diversos tipos de porta ergonômica disponíveis no mercado, cada uma com suas características e funcionalidades específicas. Os principais são:

1. Wrap sling

O wrap sling é uma faixa longa de tecido que deve ser amarrada no corpo da mãe ou do pai, formando uma espécie de "canguru". Ele é bastante versátil, pois pode ser ajustado de acordo com o tamanho e o peso do bebê e também pode ser utilizado por pessoas de diferentes tamanhos.

2. Ring sling

O ring sling é uma faixa de tecido com dois anéis que permitem ajustar o tamanho da faixa de acordo com o tamanho do bebê. Ele é mais rápido e fácil de colocar do que o wrap sling, mas pode ser mais desconfortável para quem tem problemas de coluna, pois a faixa fica apenas de um lado do corpo.

3. Mochila ergonômica

A mochila ergonômica é uma espécie de mochila que permite carregar o bebê na posição vertical, com as pernas encaixadas no corpo do adulto. Ela é mais indicada para bebês a partir de 6 meses, que já têm mais controle do pescoço e podem ficar na posição sentada.

4. Mei tai

O mei tai é uma mistura entre o wrap sling e a mochila ergonômica. Ele possui uma faixa que é amarrada na cintura e duas alças que passam pelos ombros, permitindo ajustar a posição do bebê de forma confortável e segura.

Perguntas e respostas sobre a porta ergonômica

Agora, vamos responder a algumas perguntas comuns sobre a porta ergonômica:

1. A porta ergonômica é segura para o bebê?

Sim, desde que seja utilizada corretamente e respeitando as indicações de idade e peso do bebê para cada tipo de porta ergonômica.

2. A porta ergonômica pode causar problemas na coluna do bebê?

Não, pelo contrário. A porta ergonômica é uma forma saudável de carregar o bebê, pois mantém a sua coluna em uma posição adequada e confortável.

3. Qual o peso máximo que a porta ergonômica suporta?

Isso pode variar de acordo com o tipo de porta ergonômica. Geralmente, os fabricantes indicam o peso máximo suportado em suas instruções de uso.

4. Como saber se a porta ergonômica está bem ajustada?

A porta ergonômica deve estar bem ajustada quando o bebê estiver com o rosto na altura do peito da mãe ou do pai e com as pernas abertas em formato de "M", apoiadas nas laterais do corpo do adulto.

5. A porta ergonômica pode ser usada por qualquer pessoa?

Sim, porém, é importante verificar se a pessoa não tem problemas de coluna que possam ser agravados pelo uso da porta ergonômica.

6. A porta ergonômica pode ser usada em recém-nascidos?

Não é recomendado utilizar a porta ergonômica em recém-nascidos, pois eles ainda não têm o controle da cabeça e pescoço necessário para ficar na posição adequada.

7. A porta ergonômica é confortável para a mãe?

Sim, a porta ergonômica é um acessório confortável para a mãe, pois distribui o peso do bebê de forma equilibrada pelo corpo.

8. Como lavar a porta ergonômica?

A maioria das portas ergonômicas pode ser lavada à máquina, porém, é importante verificar as instruções de lavagem fornecidas pelo fabricante.

9. A porta ergonômica substitui o carrinho de bebê?

Não, a porta ergonômica é um acessório complementar ao carrinho de bebê, pois em algumas situações, como em passeios mais longos, pode ser mais confortável para o bebê ficar no carrinho.

10. Qual o melhor tipo de porta ergonômica?

Não existe um tipo de porta ergonômica considerado o melhor, pois cada um possui suas características e funcionalidades específicas. O ideal é escolher aquele que se adapta melhor às suas necessidades e preferências.

Conclusão

A porta ergonômica é um acessório indispensável para mães, bebês, crianças e gravidez. Além de facilitar o dia a dia dos pais, ela traz diversos benefícios para o desenvolvimento e o vínculo entre mãe e bebê. Porém, é importante escolher o tipo correto e utilizá-la corretamente para garantir a segurança e o conforto do bebê. Se você está pensando em adquirir uma porta ergonômica, não deixe de consultar um profissional especializado e seguir as instruções de uso fornecidas pelo fabricante. Com certeza, essa será uma ótima escolha para o cuidado com o seu bebê.

Receitas relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tu valoración: Útil

Go up